Manaus

Mais de 31 mil pessoas devem deixar Manaus durante o Natal

Manaus/AM – Mais de 31 pessoas devem deixar Manaus utilizando os serviços de transporte rodoviário e hidroviário intermunicipal, até o Natal, no domingo (25), segundo os dados da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam).

O diretor-presidente da Agência Reguladora, João Rufino Júnior, explicou que as festividades de fim de ano colaboram para o aumento no fluxo de passageiros, pois muitas instituições entram em recesso. Ele acrescentou que, em relação à mesma época do ano anterior, o movimento de pessoas tende a ser 20% maior.

Rufino destaca também que o reforço das fiscalizações é uma determinação do governador Wilson Lima, para que a população tenha um transporte cada vez mais seguro e possa celebrar o Natal com tranquilidade, junto de amigos e familiares.

“Estamos aqui para proporcionar um sistema seguro para todos, seja no modal rodoviário ou hidroviário intermunicipal de passageiros”, concluiu.

Estradas e rios

A Arsepam estima que mais de mil fiscalizações sejam realizadas nos veículos que operam no sistema regular (viagens entre terminais rodoviários), semiurbano (Manaus-Iranduba-Iranduba-Manaus) e fretamento eventual (sem periodicidade, com finalidade específica ou turística) e contínuo (empresas com rotas fixas contratadas por pessoas jurídicas) do modal rodoviário intermunicipal. Mais de 13 mil passageiros devem optar por essa modalidade de transporte no período.

No serviço de transporte hidroviário intermunicipal, a estimativa da autarquia é que o número de usuários ultrapasse os 18 mil em três dias e mais de 300 embarcações sejam fiscalizadas.

Conforme o Departamento de Transporte Hidroviário (DETH) da Arsepam, a fiscalização é direcionada ao cumprimento da lotação dos barcos, não sendo permitido excedê-la. Após a conclusão do Edital de Credenciamento das embarcações, previsto na Lei Estadual nº 5.604/2021, o modal será fiscalizado em sua totalidade.

Deixe uma resposta