Mundo

Índia indeniza turista brasileira vítima de estupr0 coletivo em R$ 60 mil

Mundo – Após o terrível episódio de agressão sexual que chocou o mundo, o casal de turistas, composto por uma brasileira naturalizada espanhola e seu marido espanhol, recebeu um cheque de um milhão de rúpias como forma de indenização, anunciado nesta segunda-feira (4). Este gesto simbólico de compensação ocorreu dias após a mulher ser vítima de um estupro coletivo, enquanto o marido enfrentava uma brutal sessão de espancamento.

A entrega da indenização foi conduzida por Anjaneyulu Dodde, vice-comissário do distrito de Dumka, no estado de Jharkhand, onde ocorreu o ataque. Dodde expressou o compromisso das autoridades em garantir uma investigação minuciosa e um julgamento célere para os agressores.

O casal, que há meses explorava países asiáticos em sua jornada de viagem, montou acampamento nas proximidades de uma delegacia de polícia no distrito de Dumka para passar a noite da última sexta-feira (1º). Infelizmente, foram atacados por um grupo de homens durante a madrugada.

As autoridades indianas afirmaram ter identificado todos os envolvidos no ataque e estupro coletivo, com três suspeitos já detidos até o momento. Este incidente tem recebido considerável atenção midiática, destacando-se como um caso grave e preocupante.

O casal compareceu a um tribunal neste domingo para prestar depoimento perante um juiz. Eles permanecem em Dumka enquanto as investigações prosseguem e a polícia continua a busca pelos demais envolvidos na agressão.

A lei indiana prevê punições severas para crimes de estupro, incluindo prisão perpétua para estupro coletivo. O casal planeja deixar a Índia nesta terça-feira (5) de motocicleta, dirigindo-se ao Nepal antes de retornar à Espanha.

Deixe uma resposta