Manaus

AM registra aumento nos casos de Covid em 2022 e acende alerta

Manaus (AM) – As infecções por covid-19 estão aumentando mais uma vez no Amazonas. Somente nos primeiros 10 dias de 2022, o estado registrou 2.165 casos. A crescente acontece no mesmo momento em que casos da variante Ômicron começam a ser confirmados no estado e o número vem como um alerta para a população.  

Em janeiro de 2021, os casos de covid-19 explodiram em todo o estado. Foi ali que começou o pesadelo que viria a ser os meses de janeiro, fevereiro e março no Amazonas. Em comparação ao mesmo período do ano passado, há uma enorme diferença. Mesmo assim, gera uma preocupação com a disparada, que seria um reflexo das festas de fim de ano, pois, antes disso, no segundo semestre, os casos começaram a diminuir. Em alguns dias, os números foram abaixo de 30. Também teve vários dias sem registros de mortes, principalmente em outubro, novembro e dezembro. 

De acordo com o Boletim Epidemiológico, emitido pela Fundação de Vigilância Sanitária Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), no primeiro dia de 2021 foram notificados 561 casos. Já em 2022, apenas 32 casos. No entanto, os casos começaram a disparar, indiscriminadamente, ao longo dos primeiros dez dias do ano passado.

  No oitavo dia, 2.342 notificações de covid-19 foram registradas pela FVS-RCP no estado, o maior número nos primeiros dez dias. Coincidentemente, o maior número de 2022 também foi registrado no dia 8 de janeiro, cerca de 426 casos, uma diferença de 394 casos para o dia 1º de janeiro deste ano.  

Medidas começam a ser tomadas 

Em novo decreto, está suspensa a realização de eventos  sociais de caráter privado, com a venda de ingressos

Apesar de não se comparar com o mesmo período de 2021, o número de casos gera uma preocupação nas autoridades de saúde pública. O Governo do Amazonas já começou a realizar ações para impedir o avanço da covid-19 no estado. 

O governador Wilson Lima assinou, na sexta-feira (7), decreto que suspende a realização de eventos de qualquer natureza com venda de ingressos em todos os municípios do estado do Amazonas, independentemente da quantidade de público. A medida de prevenção à disseminação da Covid-19 vale por tempo indeterminado.

  No decreto, o Governo do Estado estabelece que eventos sociais de caráter privado, sem a venda de ingressos, como casamentos, aniversários, formaturas, podem ocorrer, mas limitados a 50% da capacidade do local e ao máximo de 200 pessoas. Os locais também devem seguir os protocolos de distanciamento, uso de máscara, álcool em gel e regularidade da situação vacinal.  

A medida começou a valer no sábado (8) e foi tomada após recomendação do Comitê de Crise da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), em reunião extraordinária. 

Ômicron no Amazonas 

Há registro de 22 casos da variante Ômicron no Amazonas
Há registro de 22 casos da variante Ômicron no Amazonas | Foto: Divulgação

O Amazonas está com registro de 22 casos de infectados com Covid-19 pela variante Ômicron. O instituto realiza o sequenciamento genético identificando a linhagem do novo coronavírus, a partir das amostras coletadas nas unidades de saúde do Amazonas, incluindo os postos de testagens nas três portas de entrada do Amazonas (Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Porto de Manaus e Terminal Rodoviário Eng. Huascar Angelim).

O Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde do Amazonas (CIEVS-AM), coordenado pela FVS-RCP, emitiu um comunicado de risco ao CIEVS nacional, informando sobre os casos positivos identificados com a variante Ômicron.

O secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad, disse que o Amazonas ainda não apresenta a transmissão comunitária da nova variante Ômicron, mas alertou que isso deve ocorrer nos próximos dias. Ele destacou que a população precisa fazer sua parte para evitar um aumento rápido do número de casos. 

“Não temos como evitar a transmissão comunitária e isso se já não está acontecendo, vai acontecer nos próximos dias. É preciso que entendam que a pandemia está aí, é muito diferente você ter o vírus sob controle ou a pandemia sob controle. A pandemia não acabou e se a sociedade não fizer a parte dela, muito pouco poderemos fazer a mais do que estamos fazendo”, afirmou Anoar.

fonte: https://emtempo.com.br/amazonas/335731/am-registra-aumento-nos-casos-de-covid-em-2022-e-acende-alerta?d=1

Deixe uma resposta